quarta-feira, julho 04, 2007

Obrigado a todos

Acho que minha mãe morreu. Não tinha pulso, não tinha temperatura, não tinha batimento. E voltou. Não sei como, nem importa.
Então ela tem alta.
Eu to mal ainda. Ela tem que verificar o que tem e o problema no pulão permanece. Ninguém sabe o que é.
Foda.
Volta e meia a febre volta baixa. Um espectro que está me matando.
Meu primeiro professor de filosofia do colégio, hoje meu colega de trabalho vem conversar comigo e me lembra de algo.
"As coisas são o que são, e assim serão e permanecerão até o decreto do tempo."
Essa é do Parmênides eu acho. Sou péssimo em filosofia antiga.
Vamos ver o que acontece. Eu estou fazendo tudo que posso. Brigando com quem quiser para levar minha casa nas costas.
E o que tiver que ser, será. Assim é o decreto do tempo.
E meu obrigado a todos que estão me ajudando. Pessoas que nunca vi pessoalmente, mas parece que isso não faz diferença.

7 comentários:

Paloma disse...

às vezes a barra pesa mesmo.
o peso nas costas deve ser terrível, você não se aguenta em pé e não sabe o que fazer, mas a vida continua.
de um jeito ou de outro, tudo passa. Tudo sempre passa.
você é uma pessoa forte.
coragem não seria coragem se não existisse o medo.
um beijo

Jessica disse...

eu nem posso dizer q eu entendo pq eu nunca passei por isso
nao é a mesma coisa vc imaginar o q é e realmente saber como é passar por essas situações
mas só de imaginar se fosse comigo eu sinto meu coração apertar com a dor, eu sou mt apegada a minha familia
Vc consege passar por isso, eu te vejo como ua pessoa forte q ja passou por mt coisa

Paloma disse...

raffa (pegando confiança), voltei aqui pra te dizer que é claro que tem espaço pra você no blog novo, sr. velho lobo do deserto.
é um prazer ter você por perto.
aparece lá quando quizer.

(:

Paloma disse...

raffa (pegando confiança), voltei aqui pra te dizer que é claro que tem espaço pra você no blog novo, sr. velho lobo do deserto.
é um prazer ter você por perto.
aparece lá quando quizer.

(:

The Immature Girl disse...

nossa! fiquei assustada com o início do post, mas ainda bem que ela teve alta!!!! tenho que mostrar esse teu relato pra minha mão, pois ela fuma há trinta anos, e nada de querer parar...
bjus e melhoras pa tua mãe!

JuH disse...

Caramba... Sei que às vezes é difícil encarar tudo, e parece que está realmente tudo sob nossa responsabilidade... Mas relaxa, respira e tenta fazer as coisas com calma... Perder a cabeça num momento como esse só vai te fazer sofrer sem necessidade! ^^

Mta força menino! Mta mesmo!

Tudo de bom pra vc okay?! ^^

Morcego disse...

Nobre amigo
Que os bons ventos soprem por aí, os mesmos ventos que aparecem registrados no livro dos cristãos antigos simbólicamente gerando a vida.
Muita proteção do Grande Arquiteto do Universo.
Um grande e solidário abraço fraterno.