sexta-feira, junho 22, 2007

Vencer é a palavra

[cenário: uma cozinha. em cena um homem com barba e brinco de ouro.]
- Hei, hei, yo, ho!!! Tragam a ânfora de vinho! O que eu tenho feito não é bonito, mas é assim que eu vivo, e vou fazendo pensando em viver! [entra uma garota de seis anos]
- Oi pai!
- Já chegou filha?
- Hoje na escola eu briguei com a professora?
- Hei, hei, yo, ho! Mas porque?
- Porque a professora queria me dar uma nota 4,5. Ai eu falei e gritei, briguei e xinguei, até que ela me deu a nota que eu queria de verdade.
- Seu velho avô Nobrum ficaria feliz! Qual a nota que você ficou?
- 9,5!!!
[cantam juntos pai e filha]
"- Nosso pouco tempo que resta, deverá ser gasto com alegria sem fim, destilado com um pouco de gim. Nessa vida tudo que você conseguir será bem vindo e nada deve te impedir de continuar conseguindo!!! Hei, hei, yo, ho!!! Tragam a ânfora de vinho! O que eu tenho feito não é bonito, mas é assim que eu vivo, e vou fazendo pensando em viver!"

Porque vencer é a palavra, e perto dela amizade não significa nada.

2 comentários:

Jessica disse...

nossa...
se eu conseguisse mudar as minhas notas assim eu seria a pessoa mais feliz do mundo
rs

vencer realmente é importante, só assim conseguesse algo na vida
mas eu acho q amizade é igualmente importante

Paloma disse...

Vencer é importante, mas por que desvalorizar a amizade?
É mil vezes mais difícil "chegar lá" sozinho, e não é porque tinha amigos do seu lado que o mérito é menos seu.