segunda-feira, março 10, 2008

Ria se puder!

Dias atrás, e já faz mais dias do que eu gostaria, estava assistindo um programa de madrugada na tv. Sou um notívago, e produzo muito mais durante a madrugada.
No mesmo programa, foram Mv Bill e uma tal de Mallu, que é um hit na internet. A menina é nova, deve ter 16 eu acho.
No programa ela fez micagem, careta, bancou a indie envergonhada, e depois a artista que está em contato com o público. Tocou violão, gaita e cantou sozinha as músicas que ela mesma compôs em inglês.
E ela canta bem afinal. Aliás ela faz tudo isso bem, levando em conta a idade que tem.
Dizer que ela fez o sucesso dela só porque é muito rica e que nasceu e cresceu no Morumbi, e que teve aula de canto, violão, gaita e inglês patrocinados pelos pais, é mentira. Dizer que seu talento é fruto dos discos raros que ela ouvia da avó que na sua época também era abastada, soa como inveja tanto de seu talento como de sua condição social. Dizer que ela seria uma talentosa anônima não fosse os quatro mil de mesada que ela juntou do pai e dos avós em dois meses para gravar quatro demos em estúdio também é maldade.
Mas o MV Bill disse um treco que gravou... Disse que se ela fosse pobre e tivesse nascido no meio de uma favela, ela certamente não estaria exteriorizando as belas músicas que já produziu, e que por ventura produzirá. Se assim fosse, ela não teria discos rarinhos para ouvir, não teria aula de inglês, canto, violão e gaita, nem teria juntado os quatro mil.
Engenhosa a tal da Mallu é. Ela poderia ter todas as condições, mas simplesmente não querer criar. O que ficou em voga é que nada vem do nada, e que é necessário sim, dar condições para que a Mallu da favela consiga e faça o mesmo que a Mallu do Morumbi.
A piada é essa.

4 comentários:

Jéssica disse...

È um hit q eu nunca ouvi falar entao. O_o . Eu sou meio alienada com essas coisas apesar de passar meu tempo todo na internet.
É meio dificil a Mallu da favela conseguir o q a do Morumbi conseguiu. Na verdade já é dificil a do morumbi conseguir por causa da falta enorme de interesse em tudo q se tem das partes ricas desse pais ¬¬' .

Chuvinha disse...

E tem outra coisa...alguns arriscam e tem oportunidades,outros nao.

Lampejo disse...

Raffa,

Adoro isso tudo..ahã.....

No País em que a desigualdade social impera nossos passos ficam duros.E o que podemos fazer?

Contar com o lixo da dor e rir...sim porque contar com sorte, ô até ela corre da gente.

(a)braços e flores :)

Sonolento! disse...

Quem pode mais, chora menos!