quinta-feira, março 08, 2007

Estilhete sem cabos

Estou voltando aos poucos.
Eu avisei que ficaria sumido por uns tempos, e o último post saiu sem querer...
Dessa vez, eu não tenho muito pra dizer. A raiva deste velho grunge se misturou com uma boa dose de tristeza.
Por hoje eu só falo sobre mim. Mas isso será raro. Não se repetirá eu creio.
Sou chato e reservado. E para algumas coisas o "que se foda" não é a melhor resposta.
E essas são as coisas que valem a pena...

5 comentários:

frodooliveira@hotmail.com.br disse...

Bom que voltou. Precisamos de pessoas inteligentes no mundo virtual, senão os blogs ficarão nas mãos das patricinhas que só se importam com a sua unha que quebrou ou com o amasso que levou na porta da escola. Agora, não seja maluco ao extremo, isso é suicídio (Kurt Corbain que o diga...). Um pouco de maluquice faz bem, abre o intelecto e relaxa a alma...mas sem exageros.E vê se atualiza esse blog direito, né?
Abraços.

Lucy disse...

Kd vc?! Quero falar com vc sam!!! Quero te contar uma coisa...rs
bj

Simone disse...

Ainda que eu não seja fã de literatura americana, tem um livro de J.M. Simmel, entitulado "Ainda estamos vivos", em que o protagonista adota um lema de vida bastante incomum, bem no estilo "ora, fod ..." que vc utilizou. Verdade é que gostei do livro, do protagonista, um anti-herói que sabe que não há nada a perder, que tudo pode ser reinventado, basta estar vivo. Bom fim de semana, anjo torto!

Natália disse...

the F word!

não fique muito tempo ausente!!

Gandalf the Wizard disse...

Aiya Amigo!
Esquenta não eu tb ando desanimado por conta do meu desemprego! rss
Meu bloga anda sendo publicado esporadicamente, mas estou querendo voltar a ser mais frequente, ajuda a distrair!
Grande abraço.