quinta-feira, março 15, 2007

E o Collor chorou... pau no cú dele.

Collor chorou.
Chorou quando terminou seu discurso sobre o ocorrido durante seu impeachment. Afirmou que foi vítima de, segundo suas próprias palavras, "farsa, abusos e preconceitos."
Afinal de contas, o plano Collor que afundou na merda a minha família e a de tantos outros realmente foi uma farsa. Tinha que ser. Se fosse sério, se fosse realmente sério, eu seria um desgraçado por morar nesse país após tamanha falta de respeito. Após tamanho estupro de meus direitos.
Ele foi vítima da sua própria farsa, afinal ele astutamente não cita nomes de quem fez o que fez com ele. Como ele não cita nomes eu cito. Collor.
Ele também sofreu abusos. Afinal de contas, quando que um presidente poderia ter feito o que fez? Bloquear a força de trabalho acumulada como papel moeda de um trabalhador? Como se bloquea força de trabalho?
Neste ponto da leitura eu aconselho uma leitura prévia do fetichismo do Karl, para melhor entendimento do que estou falando. Não gosto dele, mas admito, que esse trecho de sua obra é digna de nota.
Mais uma vez ele sofre de abuso. Abuso dele, óbvio, para com ele mesmo. Ele abusou de alguém, nese caso de mais de cem milhões de alguém. Talvez ele tenha se incluido na lista dos que foram abusados por ele mesmo. Se ele não cita nomes, eu cito. Collor.
Mas preconceito? Ora...
Preconceito... Talvez, Collor tenha tido uma crise de Lulismo e então emburrecido. Mas eu explico a ele o que significa preconceito.
Pré-conceito. Um conceito formado sobre algo antes do conhecimento empírico ou não, adquirido sobre esse mesmo algo.
No caso do Collor, não havia uma formulação prévia do ocorrido, para que fosse instaurado o processo que desencadeou em seu impeachment. Pelo contrário.
Pelo contrário... Todos sabiam do ocorrido.
Meu pai perdeu o emprego. Minha mãe perdeu o emprego. Passamos necessidades, e privações básicas, como alimentação.
A vizinha de minha professora se suicidou quando perdeu a chance de comprar sua casa.
Meus pais, minha professora, sua vizinha... todos sabiam bem sobre o ocorrido.
Então, Collor, seu filho da puta, não admito que você diga que foi alvo de preconceito, nem mesmo de si mesmo.
Aproveito agora, pra ofender não somente nosso ex-presidente, mas também a todos que neles votaram.
Saibam seus desgraçados, que o país seria um lugar bem melhor se todos vocês morressem queimados ou afogados. Como morreriam eu não sei, mas teria que ser com dor. Muita dor e sofrimento.
Pois é isso que vocês proporcionam para o país elegendo um psicopata do calibre do Collor.
Dor e sofrimento.
Meus sinceros votos de dor e agonia pra vocês. Que suas mortes sejam lentas e sofríveis.
E se eu as presenciar, saibam que sentirei algo muito próximo de um orgasmo.

5 comentários:

Lucy disse...

Ah...eu até concordo com o collor! Tipo, com aquele negocio q teve um tempo atras de corrupção, do negoçio do lula naum saber e tal...o collor fez menos do q esse negocio aí, e tiraram ele do trono...acho q com o lula tinha q ter sido a msm coisa! Ta entendo?! Tipo, o collor fez bem menos e foi tirado do "trono"...rs
bj

Rod! disse...

Tirar rapidinho a nota da lucy, realmente o collor fez bem menos q o GOVERNO lula, mas ai estah a diferença collor foi diretamnete colocado na cruz e responsvel pelos seus atos, lula teve um bando d FDP e foi esperto o suficiente pra tirar a cara e sair, foi só um jogo de espertos com a politica sempre foi e vence o mais esperto. Prefiro nao comentar pq jah faz tempo q me mantenho alheio a politica, mas sou esquerda e sempre vou ser mais liberal do q kando tinha 17 mas esquerda.

Abraços.

Simone disse...

Raffa, naquela época era elle ou Lula ... beijos e boa semana!

Mah disse...

É, pau no cú dele msm!
Ele não se importou com tantos outros brasileiros que choraram...
Meu pais por exemplo:
Só Deus sabe como eles pagaram a conta do hospital depois do meu nascimento (vim ao mundo no dia 16/03/1990), e de verdade, eu num quero nem sabe, pode chorar quantas vezes quiser que eu simplismente não ligo.

Não mesmo!!!


beijooos!
vlw a visita!

Gandalf the Wizard disse...

Aiya My Lord Sir Raffa!

Esse cara é um malla certa vez em um antigo trabalho a empresa nos obrigou a ouvir uma palestra dele, sofrivel!

Namarieë