quinta-feira, outubro 16, 2008

Dialética para deixar de sonhar

Tudo volta.
Tudo volta de volta para o mesmo lugar.
Cores, cheiros e sabores. Amargos, encontros e dissabores. Inferno, céu.
Fogo e desilusão, toda a vida oposta, indo louca, sempre na contramão.
Caralho, porque tem que ser sempre assim?
Um dia no passado, um dia superado, uma vida absolutamente normal.
Será que ao menos uma palavra boa não pode vir? Não precisa nem mesmo ser um ato, uma atitude.
Só uma palavra.
Nada de desconfiança, nada de pessimismo. Só preciso de um "Vai dar certo Raffa. Eu te ajudo, eu te apoio."
É tão difícil assim, é realmente pedir demais?
Todo mundo fala que eu sou pessimista, negativo, cruel. Coisas assim... Mas porra... passem uma semana na minha pele, escutando o que eu escuto, vendo o que eu vejo, sentido o que eu sinto.
Passem uma semana vivendo minha vida. Não dá.
Simplesmente não dá para ver um mundo bom e fabuloso, com pessoas boas e fabulosas.
Não dá. Aliás, para o inferno com o mundo. Que tudo se exploda e não sobre nem migalhas.

5 comentários:

dgiseled disse...

Tu sabe que eu te apoio.

Elaine Cristina disse...

O doce aparece depois que conhecemos o amargo...

Morcego disse...

Bom dia, Rafa
Calma, rapaz. Quem disse que viver é coisa fácil? Mas, depois de 2578 anos, a gente acostuma a sorrir, mesmo diante de contrariedades. É a calma e o bom senso que fazem com que as idéias fiquem mais claras e as decisões mais acertadas.
Então, prepare-se porque as coisas começarão a dar certo e voc6e ficará surpreso!
Um dia super show, com bons ventos e ótimos vôos.
Um grande e fraterno abraço.

Quarto de Hotel disse...

O mundo ainda é um lugar bonito. Mas não nos ultimos tempos.

DO disse...

Oi ,RAFFA,tudo bem?

Passando pra te agradecer e avisar que vc é o destaque de hoje por la.
Abração!!